DR. CARLOS VINICIUS BUARQUE DE GUSMÃO

(11) 4210-0576     (11) 94499-0781    contato@ortopedistajoelho.com.br


Siga-nos

  

Viscossuplementação

Patologias Indicadas

Lesão de ligamento | Artrose | Lesão do menisco | Contusão | Entorse | Fratura | Infecção

Todos os problemas acima provocam LESÃO DA CARTILAGEM do joelho.

Pra quem ainda não leu o texto sobre artrose, a cartilagem é um tecido que protege o joelho dos impactos do dia-a-dia. Sem a cartilagem, os ossos do joelho vão se deformando aos poucos. Com isso, a pessoa sente dor e tem dificuldade pra andar.

Como resolver esse problema?

PRIMEIRO, deve-se tratar o que provocou a lesão da cartilagem. Por exemplo, se foi a lesão do ligamento cruzado anterior que provocou a lesão da cartilagem, deve-se tratar TAMBÉM a lesão do ligamento (clique aqui para saber mais).

SEGUNDO, deve-se tratar a lesão da cartilagem em si. É aí que entra a viscossuplementação. Ela auxilia o processo de REPARO DA CARTILAGEM e DIMINUI A DOR.

Com isso, as chances de sucesso do tratamento aumentam1,2.

O que é a viscossuplementação?

É a injeção de um medicamento chamado ÁCIDO HIALURÔNICO dentro do joelho. Pode ser realizada de 1 a 5 vezes (1x por semana) e repetida a cada 6 meses a critério do seu ortopedista. É realizada pelo médico ortopedista sem a necessidade de internação hospitalar.

Pode também ser realizada em diferentes situações:

1) Ao término de um procedimento cirúrgico (ex.: reconstrução do ligamento cruzado anterior);
2) Esquema terapêutico com mecanoterapias (ex.: tratamento por ondas de choque);
3) Combinado com biológicos (ex.: plasma rico em plaquetas);
4) Associado a outros medicamentos (ex.: corticóides).

Converse com seu ortopedista para avaliar se você pode se beneficiar desse tratamento. Lembre-se: a viscossuplementação é mais uma opção no arsenal terapêutico que possuímos. Os resultados e as indicações variam com a biologia de cada indivíduo.

 

 

1. Dymarek R, Halski T, Ptaszkowski K, Slupska L, Rosinczuk J, Taradaj J. Extracorporeal shock wave therapy as na adjunct wound treatment: a systematic review of the literature. Ostomy Wound Manage. 2014;60(7):26-39.

2. Ioppolo F, Rompe JD, Furia JP, Cacchio A. Clinical application of shock wave therapy (SWT) in musculoskeletal disorders. Eur J Phys Rehabil Med. 2014;50(2):217-30.

3. Trebinjac S, Mujić-Skikić E, Ninković M, Karaiković E. Extracorporeal shock wave therapy in orthopedic diseases. Bosn J Basic Med Sci. 2005;5(2):27-32.

4. Wang CJ. Extracorporeal shockwave therapy in musculoskeletal disorders. J Orthop Surg Res. 2012;7:11.

5. Knobloch K, Kraemer R. Extracorporeal shock wave therapy (ESWT) for the treatment of cellulite – A current metaanalysis. Int J Surg. 2015;24(Pt B):210-7.

6. Han H, Lee D, Jeon C, Kim T. The effects of shock wave therapy on pain, disability, and depression of chronic low back pain patients. J Phys Ther Sci. 2015;27(2):397-9.

7. Marwan Y, Husain W, Alhajii W, Mogawer M. Extracorporeal shock wave therapy relieved pain in patients with coccydynia: a report of two cases. Spine J. 2014;14(1):e1-4.

8. Lin TY, Chen JT, Chen YY, Chen TW, Lee CL, Chen CH, Huang MH. The efficacy of ultrasound-guided extracorporeal shockwave therapy in patients with cervical spondylosis and nucal ligament calcification. Kaohsiung J Med Sci. 2015;31(7):337-41.

 

Fale Comigo

R. Dona Adma Jafet , 115, Bela Vista - 01308-050 - Hospital Sírio-Libanês - São Paulo

Telefone:   (11) 4210-0576                (11) 94499-0781

E-mail: contato@ortopedistajoelho.com.br

ou preencha o formulario em nossa página de contato

Siga-nos

  

Newsletter

Assine nossa newsletter e mantenha-se bem informado.