tendinite na mão

Ondas de choque para tendinite na mão


Apesar de relativamente pequena, a mão possui mais de 10 tendões. Imagina se cada um deles der problema?!

É o que acontece com pessoas que ficam horas no computador digitando, mexem muito no celular, praticam esportes que usam raquete (ex., tênis, golfe, tênis de mesa), tocam piano e outros instrumentos com os dedos, e trabalhadores manuais.

A mão está muito relacionada ao punho, então problemas de um interferem no outro. Abaixo, tem algumas tendinites do punho que podem dar sintomas nas mãos:

  • Tenossinovites estenosantes (ex., tendinite de De Quervain)
  • Síndrome da interseção
  • Aprisionamento de tendão

PROBLEMAS DA TENDINITE NA MÃO


A maioria dos tendões da mão se originam no cotovelo, passam pelo punho e, enfim, chegam nos dedos da mão. Por conta disso, o mesmo tendão pode doer no cotovelo, no punho e na mão.

Por isso, é possível que você esteja com dor no “braço inteiro”. Isso é muito comum. Muitos pacientes chegam assim pra mim.


TENDINITE NA PALMA DA MÃO


Quando os tendões da palma da mão inflamam, pode dar o que chamamos de dedo em gatilho. No início, você tem uma sensação de que o dedo dá uma travada na hora de esticar. Conforme a doença progride, o seu dedo realmente trava; aí, você precisa fazer muita força ou até ajudar com a outra mão para que ele estique completamente.

Uma outra situação que pode acontecer é o tendão ficar tão inchado que comprime os nervos da mão, resultando na famosa síndrome do túnel do carpo, ou na síndrome do canal de Guyon. Nessa situação, o paciente sente formigamento nos dedos, principalmente nas pontas dos dedos.


TENDINITE NAS COSTAS (DORSO) DA MÃO


Nessa situação, parece até que os dedos “rangem” quando os movimentamos. Isso ocorre pelo inchaço, muitas vezes perceptível ao paciente.

Em alguns casos, formam-se cistos (umas bolinhas). Esses cistos surgem e desaparecem. Quando o paciente está com dor, nas “crises”, o cisto surge; quando melhora, desaparece.


TRATAMENTO CONVENCIONAL DA TENDINITES NA MÃO


Este é o tratamento inicial que fazemos para todos os pacientes, porque a eficácia é de 60% a 70%:

  • Fisioterapia
  • Alongamento
  • Fortalecimento
  • Modificação e correção da atividade física ou laboral
  • Melhora da ergonomia do trabalho
  • Infiltração local de medicamento

Para os 30% a 40% de pacientes que não melhoram, podemos oferecer o tratamento por ondas de choque antes de indicar a cirurgia.


ONDAS DE CHOQUE PARA TENDINITE DA MÃO


O tratamento com ondas de choque para as tendinites na mão é eficaz em mais de 80% dos pacientes que já não tinham melhorado com o tratamento convencional. Em média, a dor melhora mais de 90%, e os resultados se mantêm por pelo menos 1 ano.

Importante esclarecer que as ondas de choque não são o “choquinho” da fisioterapia. Elas são uma onda de ultrassom mais potente capaz de desinflamar e cicatrizar tecidos. É o ortopedista que realiza esse tipo de tratamento.

A aplicação das ondas de choque é feita no próprio consultório, sem necessidade de anestesia geral. Para os pacientes que estão com muita dor pela tendinite, pode ser necessário anestesia local.

Após a sessão de ondas de choque, sempre recomendo repouso de atividades com esforço por 1 a 7 dias.

Acha que pode ser útil pra você? Verifique com um ortopedista especialista se você tem indicação para as ondas de choque para tratar a tendinite na sua mão.

Dr. Carlos Vinicius Ortopedista SP

Sobre o Dr. Carlos Vinícius

O Dr. Carlos Vinícius é referência no tratamento por ondas de choque em São Paulo. Formado há mais de 10 anos pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), se especializou em cirurgia do joelho pela Universidade de São Paulo (USP) e finalizou seu doutorado em Ciências da Cirurgia também pela UNICAMP.

Saiba mais

Compartilhe:

Facebook
WhatsApp
Telegram
LinkedIn