Ondas de choque para tendinite no punho

Ondas de choque para tendinite no punho


Tendinite no punho é muito comum em pessoas que ficam horas no computador digitando, praticantes de esportes que usam raquete (ex.: tênis, golfe e tênis de mesa), pianistas e trabalhadores manuais.

Existe mais de um tipo de tendinite que pode se desenvolver no punho. Alguns exemplos:

  • Tenossinovites estenosantes (ex., tendinite de De Quervain)
  • Síndrome da interseção
  • Aprisionamento de tendão
  • Outras tendinites

PROBLEMAS DA TENDINITE NO PUNHO


Inicialmente, as tendinites doem somente após o esforço. Com o tempo, começa a doer pra começar a realizar o esforço, mas melhora conforme você aquece (esquenta). Mas quando está mais grave, dói do início ao fim do esforço, e mesmo em repouso, quando você não está fazendo nada.

Além disso, em alguns casos, o punho fica inchado e formam até cistos (umas bolinhas), que surgem e desaparecem várias vezes. Tem paciente que até sabe quando vai doer, porque é quando o cisto aparece.

Tem paciente também que sente que os dedos travam quando tentam esticar e dobrar. Chamamos isso de dedo em gatilho. Para saber mais sobre dedo em gatilho, acesse o texto sobre ondas de choque e dedo em gatilho.

Mais um sintoma possível de acontecer em quem sofre com tendinite no punho é formigamento na ponta dos dedos, que pode ser decorrente da síndrome do túnel do carpo secundária à tendinite (também preparei um texto pra você sobre isso).


TRATAMENTO CONVENCIONAL DA TENDINITE NO PUNHO


Este é o tratamento inicial que fazemos para todos os pacientes:

  • Fisioterapia
  • Alongamento
  • Fortalecimento
  • Modificação e correção da atividade física ou laboral
  • Melhora da ergonomia do trabalho
  • Infiltração local de medicamento

Cerca de 70% a 80% dos pacientes melhoram com isso; porém, tem a outra face da moeda que permanece com dor. Para esses infortunados, antes de indicar a cirurgia podemos oferecer o tratamento por ondas de choque.


ONDAS DE CHOQUE PARA TENDINITE DO PUNHO


Pra começar esse tópico, é importante deixar claro que as ondas de choque não são o “choquinho” da fisioterapia. Elas são uma onda de ultrassom mais potente capaz de desinflamar e cicatrizar tecidos. É o ortopedista que realiza esse tipo de tratamento.

O tratamento com ondas de choque para as tendinites é eficaz em até cerca de 90% dos pacientes que já não tinham melhorado com o tratamento convencional. Em média, a dor melhora 60%, e os resultados se mantêm por pelo menos 6 meses.

Os resultados podem ser otimizados com modificação da técnica, aumento do número de sessões e associação com outros procedimentos como o plasma rico em plaquetas.

A aplicação das ondas de choque é feita no próprio consultório, sem necessidade de anestesia geral. Para os pacientes que estão com muita dor pela tendinite, pode ser necessário anestesia local.

Após a sessão de ondas de choque, sempre recomendo repouso de atividades com esforço por 1 a 7 dias.

Acha que pode ser útil pra você? Verifique com um ortopedista especialista se você tem indicação para as ondas de choque para tratar a tendinite no seu punho.

Dr. Carlos Vinicius Ortopedista SP

Sobre o Dr. Carlos Vinícius

O Dr. Carlos Vinícius é referência no tratamento por ondas de choque em São Paulo. Formado há mais de 10 anos pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), se especializou em cirurgia do joelho pela Universidade de São Paulo (USP) e finalizou seu doutorado em Ciências da Cirurgia também pela UNICAMP.

Saiba mais

Compartilhe:

Facebook
WhatsApp
Telegram
LinkedIn