esporão

Como tratar o esporão (fasciíte plantar) que não larga do seu pé


O tratamento inicial para fasciíte plantar, também chamada de esporão do calcanhar, é fisioterapia, exercícios, uso de palmilhas e anti-inflamatório.

Entretanto, algumas pessoas não melhoram com nada disso e sofrem anos com a dor no pé, mais especificamente na região do calcanhar.


Dor que não larga do pé


Eu já tive pacientes que ficaram oito anos sofrendo com fasciíte plantar! Não sei se é seu caso, mas esses pacientes, que adoravam correr, fazer caminhada diária e outros esportes, precisaram interromper a atividade porque a dor não melhorava.

Alguns chegam a ficar deprimidos diante dessa situação, afinal, você deixa de fazer o que mais gosta, por conta da dor no calcanhar.


Você se encaixa nessa descrição?


A fasciíte plantar (esporão) dói na região plantar do pé, próximo ao calcanhar. A dor é mais significativa na primeira pisada do dia, ou seja, você acorda, coloca o pé no chão, e sente aquela dor, que pode ou não melhorar ao longo do dia.

Pra quem gosta de fazer caminhada ou corrida, a situação é muito desgastante, porque toda vez que você “bate” o calcanhar no chão, por melhor que seja seu tênis, dói o calcanhar.


As ondas de choque acústico podem te ajudar a tratar o esporão (fasciíte plantar)


Algumas pessoas que não melhoram com o tratamento inicial fazem até injeção com corticoide, mas também não resolve. Ou, quando resolve, é por um período curto de tempo.

Antigamente, não se tinha muito o que fazer. Era conviver com a dor e parar com os exercícios. Hoje, dispomos do tratamento com ondas de choque acústico, que são ondas ultrassônicas que auxiliam a fáscia plantar a se recuperar.


Como funciona o tratamento com ondas de choque pra fasciíte plantar


As ondas de choque auxiliam o metabolismo das células do pé, contribuindo para a sua recuperação. Assim, sua dor melhora progressivamente e você pode retomar suas atividades diárias, esportivas e laborais.

O tratamento é feito por meio de sessões, pelo menos 3 sessões, realizadas no consultório do ortopedista especialista. Não há necessidade de jejum, nem qualquer outro preparo especial.

Durante a sessão de tratamento, o equipamento de ondas de choque é posicionado na área que você sente dor no pé, são disparados os pulsos ultrassônicos, e as ondas atingem sua fáscia, estimulando-a a se recuperar.

Com o passar das semanas, você vai se sentindo melhor e poderá retomar suas atividades conforme as orientações do ortopedista especialista em ondas de choque.

Se você estiver sofrendo com fasciíte plantar (esporão) ou qualquer outro tipo de dor no pé, procure o ortopedista especialista para avaliar a indicação de receber o tratamento com ondas de choque. Cuide-se e previna-se!

Dr. Carlos Vinicius Ortopedista SP

Sobre o Dr. Carlos Vinícius

O Dr. Carlos Vinícius é referência no tratamento por ondas de choque em São Paulo. Formado há mais de 10 anos pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), se especializou em cirurgia do joelho pela Universidade de São Paulo (USP) e finalizou seu doutorado em Ciências da Cirurgia também pela UNICAMP.

Saiba mais

Compartilhe:

Facebook
WhatsApp
Telegram
LinkedIn