joelho da criança estalar

É normal o joelho da criança estalar ou crepitar?


É muito comum o joelho, e qualquer outra articulação, fazer alguns estalidos, porque as estruturas que estão dentro da articulação (ossos, ligamentos, meniscos e cartilagem) atritam entre si durante o movimento e produzem ruído.

Mas nem sempre os estalos são normais, e nem sempre um estalo anormal provoca dor, inchaço, dificuldade para pisar ou para andar. Na criança existem 4 situações anormais que explicam os barulhos produzidos no joelho e que também podemos chamar de crepitações.


Menisco discoide


Os meniscos normais têm o formato de uma letra C. O menisco discoide, por sua vez, que é anormal, tem o formato de um disco, ou seja, da letra O. 

Se não bastasse isso, alguns ligamentos que prendem o menisco nos ossos do joelho estão ausentes. Com isso, o menisco discoide é hipermóvel e faz barulho conforme o seu filho dobra e estende o joelho.


Instabilidade patelofemoral


A patela é um osso sesamoide e arredondado que fica na parte da frente do joelho. Ela se encaixa na tróclea, que é uma região do fêmur (osso da coxa) que tem um formato especialmente “desenhado” para que a patela deslize sobre ela sem desencaixar.

Quando o formato da tróclea e da patela são incompatíveis, a patela não consegue se encaixar adequadamente na tróclea. Desse modo, a patela fica instável, saindo do lugar, que é uma situação chamada de instabilidade patelofemoral.

Nessa situação, toda vez que a criança dobra e estende o joelho, a patela entra e sai do lugar, provocando crepitações.


Lesão de cartilagem


A cartilagem é um tecido que reveste os ossos do joelho (fêmur, tíbia e patela). Em algumas situações, a cartilagem pode sofrer ruptura, como por exemplo na osteocondrite dissecante ou nas lesões osteocondrais.

Quando isso ocorre, o fragmento de cartilagem que sofreu a lesão fica saliente, impactando contra os ossos do joelho. Eventualmente, esse fragmento pode até ficar solto no joelho, o que chamamos de corpo livre articular, que também provoca crepitações no joelho.


Tumores


Alguns tumores podem se formar dentro do joelho (ex.: condromatose sinovial) ou fora dele (ex.: osteocondroma). Os que se formam dentro do joelho funcionam como corpos livres articulares que se chocam com os ossos do joelho toda vez que a criança se movimenta. É como se houvesse pedrinhas dentro do joelho do seu filho.

Já os tumores que se formam fora do joelho podem se friccionar com os tendões do joelho e fazer crepitar como se fosse uma corda de violão que vibra quando você passa o dedo nela.

Nem sempre o estalido ou crepitação no joelho vai provocar dor no seu filho. Por isso, devemos ficar atentos caso isso ocorra e fazer uma avaliação com o ortopedista especialista em joelho. Cuide de quem você ama.


O Dr. Carlos Vinicius Buarque de Gusmão é ortopedista, especialista em Joelho, ondas de choque e Tratamentos Minimamente Invasivos (infiltração, denervação, PRP e Bloqueio dos geniculares) e atende em São Paulo, na Vila Mariana e no Morumbi. Se quiser tirar suas dúvidas, clique aqui

Dr. Carlos Vinicius Ortopedista SP

Sobre o Dr. Carlos Vinícius

O Dr. Carlos Vinícius é referência no tratamento por ondas de choque em São Paulo. Formado há mais de 10 anos pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), se especializou em cirurgia do joelho pela Universidade de São Paulo (USP) e finalizou seu doutorado em Ciências da Cirurgia também pela UNICAMP.

Saiba mais

Compartilhe:

Facebook
WhatsApp
Telegram
LinkedIn