osteotomia

Quando uma osteotomia do joelho é necessária?


Osteotomia é o nome que se dá à cirurgia que envolve cortes feitos nos ossos. 

Ela normalmente é prescrita para ossos inferiores, como a tíbia e o fêmur. O objetivo costuma ser consertar problemas de alinhamento que afetem a mobilidade do paciente. 


Osteotomia como tratamento para artrose no joelho


Uma das indicações mais comuns dessa cirurgia é no tratamento de artrose inicial em apenas um  dos joelhos. Geralmente o paciente também sofre de problemas como geno varo ou valgo (o “joelho torto”).

Esse desalinhamento influencia na evolução da artrose, por isso sua correção ajuda no tratamento. 

A cirurgia também é mais indicada para pacientes abaixo dos 60 anos e sem outros problemas que comprometam os ligamentos e estruturas do joelho.

Seu objetivo é aliviar a pressão sobre a parte com artrose do joelho.


Como se faz a osteotomia no joelho?


Os cortes da osteotomia podem ser realizados em duas partes: tanto acima do joelho, no fêmur, quanto abaixo da articulação, na tíbia.

Depois disso, osso é estabilizado com a ajuda de parafusos e placas metálicas. Isso vai garantir que ele fique no lugar até que a cicatrização esteja completa. 

Mas é importante lembrar que nem sempre essa correção é suficiente para impedir a progressão da artrose. Caso ela volte a avançar, podem ser necessários outros tratamentos e procedimentos cirúrgicos, como a colocação de próteses no joelho.

Prótese colocada após a osteotomia para estabilizar o joelho e facilitar a regeneração
Prótese colocada após a osteotomia para estabilizar o joelho e facilitar a regeneração

Só uma avaliação feita por um bom ortopedista de joelho é que vai definir qual a melhor estratégia de tratamento para o seu caso. 
O Dr. Carlos Vinícius Buarque de Gusmão é ortopedista, especialista em Joelho, ondas de choque e Tratamentos Minimamente Invasivos (infiltração, denervação, PRP e Bloqueio dos geniculares) e atende em São Paulo, na Vila Mariana e no Morumbi. Se quiser tirar suas dúvidas, clique aqui!

Compartilhe:

Facebook
WhatsApp
Telegram
LinkedIn