artroplastia total do joelho

Artroplastia Total do Joelho (ATJ): como é o pós-operatório?


A artroplastia total do joelho (ATJ) é uma opção cirúrgica para o tratamento de pacientes com quadros extremos de degeneração articular no joelho. 

A artroplastia total consiste na substituição completa da articulação por uma prótese, o que ajuda a devolver o movimento e a qualidade de vida para o paciente. 


Pós-operatório imediato da ATJ


Logo que a cirurgia de artroplastia total do joelho acaba, ele pode ficar imobilizado com curativos e um dreno por algum tempo.

O dreno, quando necessário, geralmente, é removido após 1-2 dias. Os pontos da cirurgia são retirados após 3-4 semanas.

É importante evitar deitar sobre a perna operada nesse primeiro momento, enquanto o corpo ainda se acostuma à prótese. 


Depois da alta hospitalar


Quando estiver pronto para receber alta depois da artroplastia total do joelho, você já poderá se sentar e andar com o auxílio de bengalas ou andador. 

Em casa, é importante deixar a perna elevada, mas evitar pôr almofadas logo abaixo do joelho operado. 

Continue seguindo os exercícios de movimento do joelho ensinados pelo médico, para preservar a mobilidade da articulação. 


Quanto tempo leva para recuperar os movimentos depois da ATJ?


Depois de cerca de 10 dias da cirurgia, seguindo as recomendações de exercícios e movimentos, você já conseguirá dobrar o joelho em 90º.

Nas primeiras semanas, o ideal é manter o apoio de movimentação (muletas, andador etc).

Lá por volta da 3ª semana depois da cirurgia, aos poucos você já conseguirá praticar exercícios para estimular o movimento de caminhada. 

Entre a 4ª e a 6ª semana de recuperação da artroplastia total do joelho, você já conseguirá começar a caminhar sem apoio. 


Fisioterapia no pós-operatório de ATJ


Muitas vezes, o trabalho de fisioterapia começa logo no dia seguinte à cirurgia, com o paciente ainda no hospital.

Ele deve continuar durante o período pós-operatório, tanto para ensinar o paciente a se movimentar da forma adequada quanto para trabalhar a força muscular da região.

Fazer fisioterapia depois da artroplastia total do joelho também é importante para evitar rigidez articular e garantir uma adaptação melhor à prótese. 

A maior parte do trabalho fisioterápico será feito em casa, depois da alta hospitalar. É importante que o paciente não abandone a rotina de fisioterapia para evitar prejuízos à movimentação. 

Seguindo as recomendações pós-operatórias do médico, a artroplastia total do joelho garante uma boa recuperação para uma articulação prejudicada por problemas com a artrose. 

Se o seu joelho dói, fica rígido e está perdendo os movimentos, não deixe de consultar um ortopedista de joelho para saber se essa é uma opção viável para o seu caso!

O Dr. Carlos Vinicius Buarque de Gusmão é ortopedista, especialista em Joelho, ondas de choque e Tratamentos Minimamente Invasivos (infiltração, denervação, PRP e Bloqueio dos geniculares) e atende em São Paulo, na Vila Mariana e no Morumbi. Se quiser tirar suas dúvidas, clique aqui.

E se quiser ler mais sobre Artroplastia, clique aqui.

Dr. Carlos Vinícius Buarque de Gusmão 

Ortopedista Especialista em Joelho

CRM: 140.189 TEOT: 13.130 RQE: 58671

Compartilhe:

Facebook
WhatsApp
Telegram
LinkedIn