ortopedista especialista

Fratura da espinha tibial


A fratura da espinha tibial também é conhecida como fratura da eminência tibial. Ela se localiza dentro do joelho, na tíbia, que é o osso da perna. Essa fratura não é comum e, quando ocorre, normalmente é em crianças de 8 a 14 anos. Quando em adultos, o que é raro, a chance de lesar o menisco e algum ligamento colateral é maior porque o trauma que provocou a lesão no adulto tende a ser de maior energia (i.e., mais grave).

Nas crianças e adolescentes, a causa clássica de fratura da espinha da tíbia é queda de bicicleta, mas nada impede de ocorrer em virtude de outras situações como atropelamentos e atividades esportivas (ex.: entorse, pancadas, escorregão, etc). Uma outra causa da fratura é uma queda com baixa energia (impacto mais brando) em que o joelho faz flexão e a perna gira pra dentro.

Como a espinha tibial é o local onde o ligamento cruzado anterior (LCA) está inserido, a fratura da espinha tibial é um equivalente à lesão do LCA. Somado a isso, a fratura ocorre justamente porque o LCA é tracionado com muita força, mas, em vez dele arrebentar, quem não “aguenta o tranco” é o osso, que fratura. Nas crianças menores de 9 anos, pode acontecer uma situação ainda mais rara, em que nem o ligamento (LCA), nem o osso (espinha tibial) arrebentam, mas só a cartilagem.

Após a fratura da espinha da tíbia, o joelho fica inchado, doloroso, há dificuldade para dobrar e esticar e para apoiar o peso do corpo. Se sua fratura (ou do seu filho) foi mais leve e sem desvio, ela pode ser tratada sem cirurgia, somente com imobilização. Por outro lado, se a fratura for mais grave, com desvio, ou multifragmentada, trata-se com cirurgia, utilizando-se parafusos ou fios de sutura. Consulte-se com o ortopedista especialista para que avaliemos a melhor opção terapêutica pra você ou seu filho. Cuide-se e previna-se!

Dr. Carlos Vinicius Ortopedista SP

Sobre o Dr. Carlos Vinícius

O Dr. Carlos Vinícius é referência no tratamento por ondas de choque em São Paulo. Formado há mais de 10 anos pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), se especializou em cirurgia do joelho pela Universidade de São Paulo (USP) e finalizou seu doutorado em Ciências da Cirurgia também pela UNICAMP.

Saiba mais

Compartilhe:

Facebook
WhatsApp
Telegram
LinkedIn