dor de crescimento

Seu filho tem dor nas pernas? Pode ser dor de crescimento


É muito comum crianças se queixarem aos pais de dor nas panturrilhas, coxas, canelas ou na parte de trás dos joelhos. Algumas até choram de dor, muitas vezes interrompendo o sono delas e o seu sono, pai ou mãe.

Em 80% a 90%, dos casos, a criança, ou mais raramente o adolescente, reclama de dor nos dois membros inferiores (pernas, coxas e pés). É bem raro ocorrer dor de crescimento nos membros superiores (ombros, braços, mãos) e nas costas, mas fique atento se seu filho se queixar de dor nesses locais.

A dor costuma acontecer mais no fim do dia, à noite, antes ou depois da criança dormir. Como os hormônios do crescimento atuam mais à noite, esse problema foi chamado de dor de crescimento. Crescer não é doloroso; por isso, existem várias teorias para tentar explicar o problema, mas ainda são necessários mais estudos para definir a causa exata.

Na maioria dos casos, os episódios de dor ocorrem semanal ou mensalmente, e dura de minutos a algumas horas. Apesar de ser uma doença que incomoda, ela é benigna.  Entretanto, é extremamente relevante que você leve seu filho ao ortopedista especialista para afastar doenças mais graves que podem parecer uma “mera dor de crescimento”.

Alguns exemplos de doenças mais graves são infecções, lesões ósseas, doenças reumatológicas, etc. Por mais branda que pareça, não deixe de buscar a avaliação especializada do ortopedista. Cuide de quem você ama.

Dr. Carlos Vinicius Ortopedista SP

Sobre o Dr. Carlos Vinícius

O Dr. Carlos Vinícius é referência no tratamento por ondas de choque em São Paulo. Formado há mais de 10 anos pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), se especializou em cirurgia do joelho pela Universidade de São Paulo (USP) e finalizou seu doutorado em Ciências da Cirurgia também pela UNICAMP.

Saiba mais

Compartilhe:

Facebook
WhatsApp
Telegram
LinkedIn