Ondas de choque para tendão calcificado

Ondas de choque para tendão calcificado


Se você está lendo esse texto, provavelmente você fez uma radiografia e viu que seu tendão está calcificado. Isso pode acontecer em dois contextos. No primeiro, você tem uma tendinopatia crônica, ou seja, uma tendinite que perdura por mais de 3 meses. Quando isso ocorre, as células do seu tendão começam a produzir um colágeno doente que deixa o tendão mais fraco (ele pode até romper). Na tentativa de “fortalecer” o tendão, o corpo começa a calcificá-lo; porém, isso não adianta e você continua com dor do mesmo jeito.

No segundo, por um processo ainda desconhecido, começa a acumular cristais de cálcio no seu tendão. Esses cristais funcionam como uma pasta de dente: se você passar uma pasta de dente na sua mão e deixar agir por horas, a pele vai começar a irritar. A mesma coisa acontece com o tendão, e é o que chamamos de tendinite calcária.
Aqui, escreverei sobre o primeiro contexto, quando o tendão calcifica. Para saber mais sobre a tendinite calcária, acesse o texto que preparei.


LOCAIS NO CORPO QUE PODEM SOFRER CALCIFICAÇÃO DO TENDÃO


Um dos locais mais comuns de calcificação do tendão é na patela, um tendão que fica no joelho. Esse tipo de calcificação está relacionado a um problema que começa na adolescência, chamado de doença de Osgood-Schlatter.
Outros locais comuns de sofrer calcificação são o tendão de Aquiles (ou tendão calcâneo) e tendão do tríceps (no cotovelo).


PROBLEMA DA CALCIFICAÇÃO DO TENDÃO


A calcificação do tendão significa, na maioria das vezes, que o tendão está degenerado; i.e., que está sofrendo há muitos anos. Desse modo, há risco do tendão romper e ser necessário fazer uma cirurgia para repará-lo.
É importante também não confundir a calcificação do tendão com outros problemas como osteocondroma (que é um tumor benigno da cartilagem e que pode irritar o tendão).


TRATAMENTO PARA TENDÃO CALCIFICADO


O tendão calcificado reflete, na verdade, um tendão muito doente. Nesse caso, ou você já tentou tratar e não deu certo; ou nunca tratou e vai tentar pela primeira vez. Se você está tentando tratar pela primeira vez, é mais difícil que o tratamento convencional (medicamentos, fisioterapia e exercícios) dê certo sem ajuda de outras terapias. Isso ocorre porque o tendão já está degenerado. Claro que cabe tentar o tratamento convencional, mas é importante fazer também os tratamentos mais avançados como o plasma rico em plaquetas e as ondas de choque.


TRATAMENTO COM ONDAS DE CHOQUE PARA TENDÃO CALCIFICADO


Esse tratamento é não invasivo e consiste na aplicação de ondas de ultrassom com uma potência maior. Esclareço que as ondas de choque não têm nada a ver com o “choquinho” da fisioterapia. É um procedimento realizado pelo ortopedista.

Com as ondas de choque, mais de 90% dos pacientes sentem que a dor melhora mais de 80%. Os resultados duram por pelo menos 1 ano. A sessão de ondas de choque ocorre no próprio consultório do ortopedista, sem necessidade de anestesia geral. Recomendo sempre ao paciente evitar esforço com o tendão, no mínimo, 7 dias para evitar que ele rompa. Acha que pode ser útil pra você? Verifique com um ortopedista especialista se você tem indicação para utilizar as ondas de choque no tratamento do seu tendão calcificado.

Dr. Carlos Vinicius Ortopedista SP

Sobre o Dr. Carlos Vinícius

O Dr. Carlos Vinícius é referência no tratamento por ondas de choque em São Paulo. Formado há mais de 10 anos pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), se especializou em cirurgia do joelho pela Universidade de São Paulo (USP) e finalizou seu doutorado em Ciências da Cirurgia também pela UNICAMP.

Saiba mais

Compartilhe:

Facebook
WhatsApp
Telegram
LinkedIn