Osteoartrite

Osteoartrite ou artrose?


As duas! Osteoartrite e artrose são sinônimas. Ambas significam que a sua articulação está sendo destruída.

A diferença de usar uma ou outra é que o sufixo “ose” (da artrose) quer enfatizar a presença de uma doença, e o sufixo “ite” (da Osteoartrite) enfatiza a presença de inflamação. Como existem as duas coisas nessa doença, você pode utilizar qualquer um dos termos.


Locais mais comuns onde você pode ter artrose


Todo ser vivo que possui esqueleto, tem também articulações. E toda articulação desgasta com o tempo. Por andarmos sobre duas pernas, algumas articulações sofrem mais desgaste, como os joelhos, o quadril e a coluna lombar.

Por isso, esses são os locais mais comuns de artrose. Além disso, são os locais onde mais sentimos dor no nosso corpo.


Como sei que minha dor é artrose?


Não é qualquer dor nas articulações que indica que você tem artrose. Pra que a sua dor seja justificada pela artrose, é necessário que haja também a destruição da articulação.

Isso pode ser observado simplesmente examinando você, pois conseguimos identificar deformidades, crepitações e menor mobilidade; ou podemos utilizar ferramentas diagnósticas, como a radiografia e a ressonância magnética.


A quantidade de pessoas com artrose no mundo está aumentando!


No mundo, a quantidade de pessoas com artrose está aumentando porque a população mundial está vivendo mais. Nos Estados Unidos, 85% das pessoas a partir de 75 anos tem artrose. 

Esse número é menor em populações mais jovens, mas o risco atual de você ter dor nos joelhos, durante a sua vida, por causa da artrose é de 44.7%. É praticamente jogar uma moeda pra cima e ver se você terá artrose ou não.


Tem como tratar a artrose sem cirurgia!


O lado bom da história é que vários tratamentos estão disponíveis para a artrose. Alguns exemplos são o PRP (plasma rico em plaquetas), a injeção de ácido hialurônico (viscossuplementação), a denervação (bloqueio dos nervos do joelho), as ondas de choque e a ozonioterapia (injeção de ozônio).


E se nada disso resolver? Como tratar a artrose?


Quando esses tratamentos não resolvem a sua dor, podemos ainda fazer as cirurgias. Alguns exemplos:

  1. Osteotomias: corrige as deformidades da articulação “torta”
  2. Próteses parciais (de uma parte da articulação): úteis quando a artrose é só em uma parte da articulação
  3. Próteses totais (de toda a articulação): indicada quando toda a articulação está doente.

Consulte-se com o ortopedista especialista para você saber se tem artrose e como tratá-la. Cuide-se e previna-se!

Dr. Carlos Vinicius Ortopedista SP

Sobre o Dr. Carlos Vinícius

O Dr. Carlos Vinícius é referência no tratamento por ondas de choque em São Paulo. Formado há mais de 10 anos pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), se especializou em cirurgia do joelho pela Universidade de São Paulo (USP) e finalizou seu doutorado em Ciências da Cirurgia também pela UNICAMP.

Saiba mais

Compartilhe:

Facebook
WhatsApp
Telegram
LinkedIn