LCA

Sem o ligamento cruzado anterior, é impossível driblar

Driblar não é só coisa de quem pratica futebol. Handball, basquete, tênis, karate, boxe, samba e outras várias modalidades esportivas e de lazer requerem a execução de dribles.

Você sabe o que é um drible do ponto de vista biomecânico?

O drible é um movimento de pivô. Traduzindo, é um movimento em que você gira o corpo enquanto apoia todo seu peso somente em uma perna.

Mas esse movimento não é tão simples assim. Ele é rápido e dura poucos segundos. E quando você termina esse movimento, já emenda outro, mas apoia o peso do seu corpo com a outra perna.

Esse tipo de movimento pode acontecer enquanto você corre, por exemplo no drible do futebol. Mas pode acontecer também sem que você esteja correndo, por exemplo numa esquiva do karate.

O que permite que você consiga driblar é essa estrutura

O mais interessante disso tudo é que você faz todos esses movimentos sem saber que dentro do seu joelho tem um ligamento que é a chave pra que o movimento ocorra sem que você sofra uma entorse do joelho e se machuque. E este ligamento é o cruzado anterior (LCA).

Sem o LCA, é impossível driblar. Simplesmente não tem como, porque ele mantém sua tíbia (osso da perna) fixa no fêmur (osso da coxa) sem que ela deslize pra frente, sem que ela rode exageradamente e sem que você caia.

E tem mais! É o LCA que te ajuda a contrair os músculos corretos na intensidade correta para que o movimento seja executado da melhor maneira possível.

Então, se sofrer alguma lesão no joelho, não perca tempo e se consulte com um ortopedista especialista. Cuide-se! Previna-se!

Dr. Carlos Vinicius Ortopedista SP

Sobre o Dr. Carlos Vinícius

O Dr. Carlos Vinícius é referência no tratamento por ondas de choque em São Paulo. Formado há mais de 10 anos pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), se especializou em cirurgia do joelho pela Universidade de São Paulo (USP) e finalizou seu doutorado em Ciências da Cirurgia também pela UNICAMP.

Saiba mais

Compartilhe:

Facebook
WhatsApp
Telegram
LinkedIn